Portugal virtual: uma viagem online

Encante-se com um Portugal virtual, enquanto é obrigado a ficar em casa. Porque não é possível viajar fisicamente, mas ainda existem viagens seguras. Online.

Uma ameaça microscópica veio aconselhar o isolamento social e desincentivar as viagens e passeios, em praticamente todo o mundo. As cidades estão quase desertas, os monumentos e outras atracções turísticas fechadas.  [Leia também Coronavírus: a pandemia em vários pontos do planeta]

Mas o sonho de viajar não morreu. Enquanto permanece em casa, em benefício de todos, não precisa de se sentir completamente isolado. Hoje é possível viajar virtualmente, graças à era tecnológica em que vivemos. Sou muito feliz por ter nascido no século XX.

É isso que lhe proponho hoje: uma viagem virtual em Portugal. Sem filas, sem pressas, sem horários limitados, sem sair do sofá e sem pagar bilhete. Neste tour online temos paisagens naturais, alguns dos monumentos mais emblemáticos do país e também museus interessantes.

Tal como acontece com vários museus mundiais, muitos espaços museológicos portugueses dispõem de visitas virtuais e exposições digitais, que pode visitar desde que tenha uma ligação à Internet.

 

Sagres a 360º

O portal 360portugal oferece perspectivas belíssimas de Portugal

 

Portugal é um país lindíssimo, de Norte a Sul. Os seus pontos turísticos não se limitam a Lisboa e ao Porto. Por exemplo, parte do Sul está à distância de um clique: é possível fazer uma linda visita virtual desde a ponta de Sagres, à vila de Monsaraz, à cidade de Évora ou ao Paço Ducal de Vila Viçosa.

No entanto, é verdade que as duas maiores cidades concentram grande número de instituições culturais relevantes, com capacidade para oferecer uma visita digital, o que nem sempre acontece noutras localidades menores. Feita a ressalva, pode sempre acrescentar outras opções que conheça, no final do post.

Desfrute deste passeio através de um Portugal virtual, clicando nos links (atenção: muitas destas visitas exigem o recurso ao Adobe Flash Player) ou assistindo aos vídeos. Inspire-se e comece a planear os seus passeios, para quando tudo regressar à normalidade.

Visita virtual a Lisboa

Começamos esta visita na margem sul do rio Tejo, para uma vista sobre a capital, no miradouro do Cristo Rei. Podemos desfrutar de outra vista linda, igualmente panorâmica, a partir do Castelo de S. Jorge. No mundo virtual, não custa nada atravessar a ponte, não há filas de trânsito, nem portagens (pedágios, para os leitores brasileiros).

A capital portuguesa tem muitos monumentos imponentes, herança de um passado grandioso, que agradam à maioria dos visitantes. Muito desse património é visitável online. [Para planear uma visita, real, à cidade que inspira poetas e pintores, leia também Lisboa, cidade a ponto luz bordada].

 

Vista sobre Lisboa

Vista desde o Castelo de S. Jorge

 

Vejamos. Ali na região de Belém comece por explorar o obrigatório Mosteiro dos Jerónimos através de uma visita virtual. Encante-se com os detalhes da sua arquitectura, preste homenagem junto da última morada de Vasco da Gama, de Luís de Camões e de outras personagens históricas.

Se já visitou o Mosteiro pessoalmente, sabe que as filas podem ser desencorajadoras. Pois bem, a vantagem da visita online é que não tem que esperar um minuto. Por outro lado, não pode empanturrar-se com pastéis de Belém, o que aconteceria num passeio real, haha.

Depois saia, imagine o sol da manhã a beijar-lhe a fronte e caminhe até outro ícone de Lisboa: a Torre de Belém. Construída graças à necessidade de reforçar a defesa da barra do Tejo, o monumento é a síntese perfeita entre torre de menagem medieval e baluarte com peças de artilharia. Faça uma visita virtual, suba ao terraço e aprecie um dos maiores exemplares manuelinos.

Antes de abandonar Belém, passe pelo Museu Nacional dos Coches, para espreitar a maior colecção de coches do mundo. A visita 4D permite explorar o espólio de sete dezenas de coches, do século XVII ao XIX, muitos deles da Casa Real Portuguesa. Siga as bolas no chão e carregue nos ícones informativos, para aprender mais sobre este meio de transporte.

 

O Museu dos coches tem uma visita virtual completa

Estivemos no Museu dos Coches no início deste ano.

 

Se é fã de museus, vai gostar de saber que muitos museus lisboetas estão abertos online. A lista inclui o Panteão Nacional, o Museu do Dinheiro, o Museu do Fado, ou o Museu da Farmácia.

Um dos espaços museológicos mais interessantes, porque é único e diz muito sobre Portugal, é o Museu Nacional do Azulejo. Através da Google Arts & Culture, o museu revela algumas das suas maiores obras, incluindo o Grande Panorama de Lisboa, de 1700.

No quesito de arte, poderá achar imperdível a visita a 360º ao Museu Calouste Gulbenkian, com obras de famosos como Rembrandt, Turner, Monet, Rodin e René Lalique. Mas o que torna esta colecção única são as suas obras de arte moderna e contemporânea portuguesa: Amadeo de Souza-Cardoso, Almada Negreiros, Paula Rego ou Vieira da Silva.

Se tem crianças, não deixe de incluir neste roteiro virtual por Portugal o Museu Nacional de História Natural e Ciência, com recurso à tecnologia 360º HDR (até tem som ambiente), e o Oceanário de Lisboa. A equipa do aquário oferece sugestões diárias para ficarmos “em casa a ver o mar”, com  vídeos, quizes, “A Hora do Recreio”, a espécie da semana e outras coisas giras.

Não se despeça de Lisboa sem um último olhar sobre a capital, num dos vários vídeos produzidos pela EGEAC – Cultura em Lisboa. Ali encontra as galerias romanas, um percurso arqueológico, entre muitas outras possibilidades. Um dos mais charmosos passa pela Baixa e Alfama.

 

Património Mundial online

Se ainda não tem fome, siga para o Palácio Nacional de Queluz, no caminho para Sintra. Este palácio é um dos últimos grandes edifícios em estilo rococó erguidos na Europa. Se começou por ser um recanto de Verão, o palácio assumiria funções de Estado depois do casamento do seu dono com a rainha D. Maria I.

Pare também na Boca do Inferno, em Cascais, antes de seguir para a bela vila de Sintra. Comece por assistir a um vídeo dos Parques, antes de se lançar numa visita virtual no inesquecível Palácio da Pena, que também pode acontecer em vídeo.

Como este é um roteiro virtual, basta um clique para vencer os quase 30 km que nos separam do grandioso Real Convento de Mafra. Considerado o mais importante monumento do barroco português, – elevado à categoria de Património da Humanidade pela UNESCO em 2019 – o conjunto simétrico parte de uma imponente Basílica para a zona conventual, da ordem franciscana, mas que chegou a ser ocupada por frades de S. Agostinho. Infelizmente, a visita virtual apenas permite navegar através do interior da basílica, mas a vista aérea é incrível.

Vamos de Património Mundial em Património Mundial, para chegar ao Mosteiro de Alcobaça, com o seu panteão real. De entre os reais moradores, há dois que suscitam particular curiosidade: D. Pedro e D. Inês. Os protagonistas da mais célebre e trágica história de amor em Portugal recebem especial destaque no Google Arts & Culture, numa visita que sai de Alcobaça para nos transportar para Coimbra e outros cenários destes amores reais.

Continuamos para Norte, com paragem no Mosteiro de Batalha, para apreciar as suas emocionantes capelas imperfeitas. Se quiserem saber mais sobre um dos meus monumentos preferidos em Portugal, leiam O Maravilhoso Mosteiro da Batalha. Há tempo ainda para irmos até Tomar, conhecer os sete séculos de história do Convento de Cristo, sede da Ordem de Cristo em Portugal.

 

Alcobaça online com o google arts & culture

 

Região Centro virtual

Ah Coimbra, a cidade dos estudantes e do fado! Voltei a explorar as suas íngremes alamedas no ano passado, com o pequeno explorador e escrevi Coimbra: guia completo com mapa, que vos ajudará a planear uma futura viagem. Enquanto isso não acontece, faça a visita virtual. O portal 360portugal inclui vários pontos de interesse nas duas margens do rio Mondego, tais como a Universidade, com a sua Biblioteca Joanina, a porta de Almedina, a Igreja de Santa Cruz, a Sé Velha… Não deixe de espreitar ainda o criptopórtico que fica nos subterrâneos do Museu Machado de Castro.

O mesmo portal propõe explorar as ruínas romanas de Conimbriga, com vistas aéreas bem interessantes. Este é um dos mais simbólicos vestígios romanos em Portugal, como tive oportunidade de destacar em Império romano: vestígios em Portugal.

Em Ílhavo, perto da linda praia da Costa Nova com as suas casinhas listradas, fica o Navio-Museu Santo André. Existe uma visita virtual mas, para aceder aos conteúdos de cada parte do navio, tem que se fazer download dum vídeo. Não fiquei fã da experiência.

Antes de seguirmos ainda mais para Norte, refira-se que a sub-região da Beira Baixa criou recentemente um site promocional. Apesar de não ser interactivo, ali encontra sugestões de roteiros para diferentes estações do ano e tipos de visitantes: seniores, famílias ou casais.

 

Coimbra também tem visita virtual

 

Norte à distância de um clique

Chegámos à cidade invicta e parece que já ouvimos o sotaque castiço e estamos a apreciar um cálice de vinho do Porto, com vista para o rio. Isso terá que esperar (à excepção do vinho), mas pode explorar muitos dos tesouros da cidade sem sair de casa.

O portal 360portugal leva-nos por alguns dos monumentos mais emblemáticos do Porto, começando pela Livraria Lello, com a sua linda fachada neoclássica e famosa escadaria. Um clique depois, estamos na Igreja e Torre dos Clérigos. Curiosamente, não me cansei nada a subir até ao topo, para saborear a vista sobre o Porto.

Há tempo para visitar a , o Palácio da Bolsa com o seu incrível salão árabe, e a Igreja de S. Francisco. Todos estes são lugares que eu recomendo numa primeira visita à cidade [Porto: um roteiro clássico].

 

Torre dos Clérigos

Imaginem subir à Torre dos Clérigos sem se cansarem.

Castelo de Guimarães online

 

Se leva crianças a tiracolo, nesta visita virtual a Portugal, inclua também o interessante Museu das Marionetas. Acredito que vai apreciar tanto a visita como os miúdos. Também é possível espreitar a colecção de Serralves, através da Serralves Online Experience. Se preferir, pode conhecer a Fundação através de um vídeo, que inclui lindas perspectivas dos jardins.

E porque o Norte não se esgota no Porto, estique este roteiro até Guimarães, Braga, Viana do Castelo. Ou, se prefere paisagens mais naturais, explore o wild side de Portugal neste vídeo maravilhoso, vá até ao Douro vinhateiro, à Serra da Estrela ou ao Gerês.

Espero que este Portugal virtual vos tenha feito felizes. E que possam passar do virtual ao real, dentro em breve.

 

 

Planeie a sua próxima viagem

Faça as suas reservas através dos links parceiros. Não paga nem mais um cêntimo e para mim faz toda a diferença

  • Encontre os melhores hotéis no  Booking. É onde eu faço as minhas reservas
  • Se precisa de transporte próprio, alugue um carro com a Rentalcars 
  • Reserve os seus bilhetes para monumentos e tours, evitando filas, usando o Get your Guide 
  • Faça um seguro de viagem com a Iati seguros (beneficia de 5% de desconto com este link).

Este post pode conter links de afiliados

2020-05-03T16:33:04+00:00

12 Comments

  1. chica 23 Abril, 2020 em 11:09 - Responder

    Que maravilha! Adorei e podemos assim viajar pra bem longe por aqui, EM CASA mesmo! Bela ideia! bjs, chica

  2. elvira carvalho 25 Abril, 2020 em 21:43 - Responder

    Boas dicas.
    Abraço e bom fim de semana

  3. Victoria 26 Abril, 2020 em 16:55 - Responder

    Sou apaixonada por Portugal e não vejo a hora de fazer a visita virtual a esse país tão incrível. Realmente somos abençoados de ter nascido nesse período e que podemos nos divertir e ter informações numa viagem online por Portugal e pelo mundo. Amei!

    • Ruthia 15 Maio, 2020 em 9:45 - Responder

      Imagina uma pandemia no século 18 ou 19? Teríamos que ficar em casa a olhar para as paredes, porque até os livros eram uma raridade nas casas das pessoas comuns. Sou muito feliz por ter nascido no século XX 🙂

  4. Analuiza Carvalho 27 Abril, 2020 em 14:46 - Responder

    Concordo múltiplas vezes: Portugal é país belíssimo! Um dia voltarei para mais explorações! Por ora, que ideia sensacional poder estar no país de modo virtual. Visitar novamente o Porto, que se tornou uma de minhas cidades favoritas no mundo! Conhecer novos lugares, criar novos desejos, para um dia os tornar realidade! 🙂 bjokas

    • Ruthia 15 Maio, 2020 em 9:43 - Responder

      Eu sou apaixonada por Portugal. E quanto mais conheço o mundo, mais valor dou ao meu país.

  5. Carla Mota 27 Abril, 2020 em 18:16 - Responder

    Tão bonito este nosso país, de norte a sul. É pena não podermos vê-lo agora ao vivo e a cores mas podemos continuar a visitar imensa coisa em viagem online. É uma forma bastante original também para se viajar.

  6. Diego Cabraitz Arena 27 Abril, 2020 em 23:46 - Responder

    Quero muito conhecer Portugal, essa viagem virtual me deixou ainda com mais vontade de explorar esse pais logo menos.

  7. Silvio Nobre 28 Abril, 2020 em 17:08 - Responder

    É para nos perdermos em tanta beleza! Grato Ruthia.

  8. Suriàn 28 Abril, 2020 em 21:22 - Responder

    Essa viagem virtual por Portugal me causou nostalgia é muita vontade de voltar pra esse destino que ganhou meu coração faz anos. Adorei o post

  9. Angela C S Anna 4 Maio, 2020 em 9:07 - Responder

    eu vi esse projeto de portugal no twitter e achei ótimo, isso instiga mais ainda as pessoas a conhecerem portugal, um pais tão rico culturalmente e maravilhoso. eu mesma conheço apenas a capital, tinha planos de visitar esse ano no verão, mas vai ter q esperar até ano que vem
    acho muito legal ler seu blog pelas diferenças do portugues, como ali em portagens vs pedágios

    • Ruthia 15 Maio, 2020 em 9:44 - Responder

      A riqueza linguística do português é muito interessante. Pedágios é uma palavra que adorei no vosso português do Brasil.

Deixe o seu comentário

Subscreva a Newsletter 

Receba por email conteúdo, novidades exclusivas e muita inspiração para viajar a solo e em família (em português)

Fechar (X)

*Não envio spam