Comer em Bratislava, na Eslováquia

Para terminar a nossa trilogia, eis as nossas breves experiências gastronómicas em Bratislava. A capital eslovaca revelou-se muito mais económica do que as vizinhas Viena e Praga

Blava é uma cidade pequena,  que não tem centenas de opções de restaurantes internacionais, com comida de todo o mundo. Está por lá representada a rede McDonalds, onde um menu custa cerca de 5€. Mas é possível provar comida típica em vários lugares sem arruinar a carteira.

A maioria dos restaurantes tem um menu do dia entre os 6€ e os 8€. Nós almoçamos no restaurante Dolnozemská krčma, em pleno centro histórico e a dois passos da famosa estátua do Čumil. O menu do dia (5,90€) incluiu sopa e prato principal, a que acrescentamos limonada (1€). O pequeno explorador comeu frango, eu optei por um puré com abóbora panada que estava um regalo. E pela módica quantia de 6,90€ por pessoa.

 

O lugar foi-nos recomendado por uma simpática colaboradora da Segway tours, que nos acompanhou ao almoço. Ela comeu um dos pratos mais tradicionais: o Bryndzové halušky, um nhoque de batata com queijo de ovelha (Bryndza) e bacon.

Outro dos pratos típicos, que não provamos porque estava um calor descomunal, é a sopa de alho (Cesnaková Polievka). Parece bem substancial, vem coberta de queijo e é servida dentro de um pão gigante. A maioria dos sites recomenda também a cerveja local, nomeadamente no Slovak Pub, um lugar rústico bem popular.

Nessa tarde de calor provamos ainda os gelados bio da Luculus, os melhores de Blava de acordo com várias opiniões locais. Que delícia foi saborear aquele gelado cremoso com os pés no “riacho” da longa avenida Hviezdoslavovo Námesti, ao lado de eslovacos de todas as idades.

 

Antes do regresso a Viena, fizemos uma longa pausa no bristô parisiense Mondieu, que une o conceito e a elegância francesa com preços a condizer. Paguei 11,10€ por um café com chocolate, cheesecake de oreo e um copo de sumo de ananás (foto de entrada). Apesar de caro, o ambiente é agradável e o lugar tranquilo. Passamos ali um momento agradável, enquanto a chuva dava o ar de sua graça na rua.

Têm dicas para comer bem em Bratislava? Acrescentem aí nos comentários.

2019-01-18T15:04:59+00:00

25 Comments

  1. Elvira Carvalho 14 Novembro, 2018 em 22:54 - Responder

    Gostei de ler. E de ver o pequeno explorador.
    Abraço

  2. Rejane Tazza 15 Novembro, 2018 em 8:48 - Responder

    Nosso amiguinho cresce lindamente e se diverte em cada exploração! Lindos pratos! beijos, chica

  3. Helen Pusch 16 Novembro, 2018 em 1:50 - Responder

    Além de ter muita vontade de conhecer Bratislava, agora fiquei louca para experimentar este nhoque de batata com queijo de ovelha e bacon!
    Obrigada pelas dicas!

  4. Jessica Cezar 16 Novembro, 2018 em 10:09 - Responder

    Eu amo dicas de onde comer, e se é um lugar econômica como a Bratislava me ganha logo de cara. Achei Praga um pouco cara (estou acostumada com Cracóvia, super barata rs). Quero muito conhecer a Bratislava ano que vem… E já vou salvar seu post para lembrar as sugestões de comida (amo um turismo gastronômico hahaha)

  5. Fabio Brasil 16 Novembro, 2018 em 18:36 - Responder

    Olá! Que comidas diferentes rsrs. Fiquei interessado no nhoque de batata com queijo de ovelha e bacon. Deve ser delicioso!

  6. Lulu Freitas 16 Novembro, 2018 em 20:04 - Responder

    Realmente não dá para comer sopa de alho no calor… mas fiquei curiosa em saber como seria o sabor. Adorei o post! Como sempre, dando água na boca.

  7. gabitorrezani 16 Novembro, 2018 em 23:04 - Responder

    que delícia de post! quero comer tudo! vc tem razão, agora lembrando comi muitas coisas deliciosas em Bratislava por valores bem acessíveis… 😉

  8. Unknown 17 Novembro, 2018 em 12:46 - Responder

    Bem bacana o post. Às vezes passamos aperto com as crianças. O meu encrenca com um monte de comidas, já foi pior, hoje ele aceita mais as novidades. Mas teve uma viagem que ele comia tomate de café da manhã. Pode?

    • Berço do Mundo 17 Novembro, 2018 em 14:48 - Responder

      O meu também nunca foi muito aberto a experiências gastronómicas diferentes e vem melhorando aos poucos. Mas só perceber que outros povos têm outras tradições culinárias já é uma aprendizagem interessante para eles

  9. Unknown 17 Novembro, 2018 em 13:40 - Responder

    Adorei o post. É tão legal ver essa cultura diferente, até mesmo na gastronomia! Dica anotadas!

  10. Carla Mota 18 Novembro, 2018 em 18:17 - Responder

    Eu também como de tudo! Aliás, com a fome que às vezes passo em viagem etou sempre pronta para experimentar coisas novas!

  11. Bornfreee Viagens 18 Novembro, 2018 em 23:59 - Responder

    Essa comida bem mesmo bom aspecto… Felizmente, é uma cidade bem mais barata do que as capitais vizinhas, nas quais temos de olhar primeiro para a carteira 🙂 E Bratislava começa a ter alguns restaurantes bem engraçados…

    • Berço do Mundo 19 Novembro, 2018 em 7:15 - Responder

      Olhar primeiro para a carteira é o termo certo, em várias capitais europeias 🙂

  12. Michelle 19 Novembro, 2018 em 0:39 - Responder

    ouço falar tanto de Bratislava, parece um ótimo lugar para se conhecer. E experimetar diversas comidas!

  13. As comidas têm muito bom aspecto.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

  14. Aline 19 Novembro, 2018 em 20:13 - Responder

    Aqui, fiquei impressionada do valor da comida e por ser próximo a ponto turístico. normalmente não é assim, Bratislava satisfazendo minha fome de elefante. As batatas do prato da foto, achei muito apetitosa, deu uma fome danada ler esse post. hehe. Já quero colocar esse local no meu mapa de destinos desejos.

    • Berço do Mundo 25 Novembro, 2018 em 9:45 - Responder

      Ainda não é um destino super turístico, então há lugares genuínos bem no centro histórico e a preços justos (por enquanto)

  15. Aline Laudelina Pires 20 Novembro, 2018 em 10:50 - Responder

    Como uma boa taurina, fiquei com água na boca só de ler as dicas. Dicas de onde comer bem e por um preço justo, sempre é muito bom.

  16. Lidiane Mara 23 Novembro, 2018 em 17:24 - Responder

    Quando eu fui a Bratislava ano passado tive a oportunidade de experimentar a Cesnaková Polievka (sopa de alho), recomendo demais, é muito saborosa.

    • Berço do Mundo 25 Novembro, 2018 em 9:44 - Responder

      Bom saber, um dia que volte à Eslováquia ou países vizinhos vou experimentar

  17. Anónimo 24 Novembro, 2018 em 16:23 - Responder

    Que demais! Perdi a experiência de comer em Bratislava, mas morei com uma Eslovaca alguns anos em Paris e sempre me lembro do Bryndza que ela fazia!! Muito bom… Amei as dicas, fiquei com vontade de tudo.

  18. Zilani Célia 25 Novembro, 2018 em 2:18 - Responder

    OI RUTHIA!
    ADOREI VER O PEDRO, ESTÁ UM HOMENZINHO, LINDO E GRANDE.
    COMO DIGO, O MUNDO ESTÁ PEQUENO PARA ESTE NOVO MOMENTO, TEM-SE HOJE A POSSIBILIDADE DE VIAJAR POR LUGARES QUE JAMAIS PENSARÍAMOS EM CONHECER.
    ADOREI TEU POST E DICAS E MAIS AINDA POR TE VER POR AQUI, AMIGA.
    ABRÇS
    https://zilanicelia.blogspot.com/

    • Berço do Mundo 25 Novembro, 2018 em 9:46 - Responder

      O mundo está a ficar mais pequeno, sim. Só temos que acompanhar a mudança e sermos mais abertos e tolerantes para com os "outros"

  19. Maria Glória D'Amico 16 Março, 2019 em 19:17 - Responder

    Pratos apetitosos, com ótimo aspecto, como eu gosto, sem toda aquela poluição visual que mais enfeita, do que agrega a um prato. Eu gostei da escolha do pequeno explorador.

Deixe o seu comentário