Dino Parque da Lourinhã, para mini-paleontólogos

Mais de 120 dinossauros em tamanho real, rodeados de Natureza, e recuamos 300 milhões de anos no tempo… Estamos no recente Dino Parque da Lourinhã, numa região conhecida como a capital portuguesa do Jurássico

Sabiam que o Lourinhanosaurus foi descoberto aqui? Na verdade, são dois tipos, o alenquerensis e o antunesi. Que esta é uma das regiões mais ricas em fósseis e pegadas de dinossauros da Europa? E que entre os fosseis se inclui um achado raríssimo, isto é, um ninho com mais de 100 embriões de dinossauros?

Está explicado o porquê deste parque de 10 hectares, o maior museu ao ar livre em Portugal, exclusivamente dedicado aos dinossauros, de um rigor científico que é preciso elogiar. A cerca de 1 hora de Lisboa, o parque pode ser combinado com outras visitas como o mosteiro da Batalha, o Budha Garden ou as Grutas de Mira de Aire.

Inspirado no alemão Dinosaurier-Park, o espaço propõe quatro circuitos dedicados às mais importantes épocas da nossa história comum: Paleozoico, Triásico, Jurássico e Cretácico.

 

 

Cada circuito tem cerca de 2,5 km, o que significa que os dinossauros motivaram o meu pequeno explorador a palmilhar cerca de 10 km, sem reclamar, e com um entusiasmo contagiante (não se preocupem, há vários espaços para descanso).

Para tal muito contribuiu o quizz infantil, cujas respostas certas rendem uma pequena recordação à saída. Mas adianto-me. Antes de nos lançarmos à aventura, fazemos uma visita ao Museu, onde entendemos a importância paleontológica mundial da Lourinhã, com achados sobretudo do Jurássico Superior, de há cerca de 150 milhões de anos.

De mapa na mão palmilhamos o parque, para ficarmos frente a frente com dinossauros famosos como o triceratops, o stegosauro, o T-rex ou o simpático gigante herbívoro braquiossauro, mas também outros mais estranhos como o pequeno e ágil eifelosaurus, uma espécie de lagarto. Cada um possui um pequeno quadro explicativo, em quatro idiomas: português, espanhol, inglês e francês.

 

 

No final, ainda passamos no recinto onde decorriam várias atividades: abertura de geodes de áreas vulcânicas do norte de África, caça ao tesouro, trabalho em argila. A magia do Dino Parque da Lourinhã? As crianças aprendem enquanto se divertem. Não admira que estivessem lá tantas escolas.

Uma das atividades que me pareceu mais interessante – por falta de tempo não experimentamos – é a descoberta de fosseis. A criança recebe uma rocha do Wyoming (EUA) com aproximadamente 50 milhões de anos. No seu interior, com um bocadinho de sorte, o mini-paleontólogo pode encontrar um fóssil real (pequenos animais ou plantas) sob a orientação dos membros do parque!

 

 

 

Dino Parque da Lourinhã: site

Bilhetes: 12,5€ (adulto), 9,5€ (criança 4-12 anos), grátis (até 3 anos), preços especiais para famílias

Horário: todos os dias entre as 10h-17h (Outubro-Fevereiro), 10h-18h (Março-Maio), 10h-19h (Junho-Setembro). Última entrada, 1h30 antes do encerramento

Dicas:

  • O parque possui um amplo parque de estacionamento gratuito.
  • Reserve pelo menos umas 3 horas para usufruir do espaço e das atividades.
  • Leve calçado confortável e, no verão, protetor solar e chapéu.
  • O seu cão pode entrar, com trela, exceto no restaurante.

Onde comer: O parque possui um restaurante com esplanada, com refeições que rondam os 7€. No centro do parque existe outro bar, onde pode comprar bebidas e gelados. E ao longo dos percursos há áreas de descanso onde pode fazer um piquenique.

 

2018-12-18T13:25:49+00:00

22 Comments

  1. Madalena 15 Dezembro, 2018 em 16:34 - Responder

    Ah, agora sim! Noutro dia tentei comentar no blogue e não conseguia!
    Beijinhos e parabéns 🙂

    • Ruthia 15 Dezembro, 2018 em 17:32 - Responder

      Obrigada pela linda companhia ao longo de todos estes anos. Sê bem vinda ao novo Berço

  2. Anna karina faria pires 17 Dezembro, 2018 em 10:48 - Responder

    Nossa não sabia desse parque em Portugual.Muito legal!! Principalmente para crianças. Seu filho deve ter adorado !Nessas horas eles nem sentem o cansaço mesmo.

    bjos

  3. António Santos Gomes 17 Dezembro, 2018 em 15:41 - Responder

    Que os bons momentos sejam eternos. Feliz Natal!
    AG

  4. Tharsila Fernanda Santos Costa 17 Dezembro, 2018 em 15:51 - Responder

    Gente que incrível! Eu amo dinossauros! Acho que ficaria mais empolgada que as crianças do recinto! ahahahahahha

  5. Flávio Borges 17 Dezembro, 2018 em 17:38 - Responder

    Não sou criança mas faria estes 10km sem reclamar também haha! Adorei a temática do Parque e todas as dicas!

    Abraços

  6. Rui Pires 17 Dezembro, 2018 em 18:37 - Responder

    Está muito bonito, parabéns!
    Também gosto do Dinoparque, gostei do que vi quando lá estive.
    Bj

    Olhar D’Ouro – bLoG

  7. Bob Wolf 17 Dezembro, 2018 em 20:18 - Responder

    Te juro que nunca tinha ouvido falar neste parque! Que descoberta maravilhosa!!! Como já sou velhinho, me lembrou aquele chocolate surpresa dos dinossauros! Obrigado por compartilhar!

    • Ruthia 17 Dezembro, 2018 em 23:17 - Responder

      O parque é recente, ainda está pouco divulgado. Mas a ganhar visitantes a um ritmo acelerado!

  8. Gabriela Torrezani 18 Dezembro, 2018 em 9:29 - Responder

    Caramba, que demais o Dino Parque, eu tenho certeza que crianças e adultos se divertem bastante! Eu adoraria visitar. Fiquei chocada com essa informação de que foi achado um ninho com mais de 100 embriões de dinossauros… uau! E a atividade da criança receber uma pedra e poder achar um fóssil real é MUITO legal!

    • Ruthia 20 Dezembro, 2018 em 19:36 - Responder

      Os 100 embriões são um achado único, a nível mundial. O Parque veio divulgar esse património inestimável.

  9. Camila Coubelle 18 Dezembro, 2018 em 13:35 - Responder

    Parece ser um passeio imperdível para as crianças, mas mesmo sendo adulto, acho que eu adoraria saber mais sobre os “achados” aí! Adorei!

  10. Marcia Picorallo 18 Dezembro, 2018 em 16:35 - Responder

    Fico emocionada como museus e outras atrações têm desenvolvido programas educativos para envolver as crianças, uma necessidade em tempos em que telinhas e telonas dominam suas horas livres. Sinto falta de algo assim para adolescentes.
    Ruthia, e o ninho com embriões de dinossauros, é possível ver em algum lugar do parque ou está guardado?

    • Ruthia 18 Dezembro, 2018 em 22:21 - Responder

      Na verdade, há lá um ninho com os ovos, mas pelo fácil acesso a eles, suponho que sejam réplicas, Márcia.
      Eu também sou fã dos novos museus e da forma como envolvem as crianças.

  11. Andrea 19 Dezembro, 2018 em 17:27 - Responder

    Ai gente que bacana…fiquei louca para levar a minha afilhada e sobrinhas agora. Adorei!!!

  12. Lidiane Costa 20 Dezembro, 2018 em 21:49 - Responder

    Que interessante esse parque! Fiquei com vontade de conhecer! As crianças devem amar também, né?!

  13. Carla Mota 7 Janeiro, 2019 em 8:56 - Responder

    Belas dicas e que bela actividade para fazer com a criançada! Tenho que levar a minha sobrinha para um passeiozinho aqui. 😀

  14. Eloah Cristina 7 Janeiro, 2019 em 9:06 - Responder

    Meu sobrinho iria AMAR esse parque! Ele é apaixonado por dinossauros….
    Adorei a dica 🙂

  15. Angela C S Anna 7 Janeiro, 2019 em 14:28 - Responder

    acho que toda criança ama dinossauros né, algumas crescem e passam a gostar ainda mais assim como eu ahueahe adorei a parte da descoberta de fosseis, precisam fazer na proxima vez

    • Ruthia 7 Janeiro, 2019 em 14:33 - Responder

      São criaturas que mexem com o nosso imaginário, suponho. Eu gostei tanto do parque como o meu filho!

  16. Mariana Antunes 7 Janeiro, 2019 em 19:30 - Responder

    Meu marido adora dinossauro, ele ia amar esse parque kkkk Dino Parque da Lourinhã é um lugar que parece ser bem interessante em Portugal, principalmente para crianças!

  17. Maria Glória D'Amico 16 Março, 2019 em 19:21 - Responder

    Que empolgante e deliciosa aventura! Levaria a netinha, sim levaria.
    Querida, uma prazer sempre navegar pelas tuas páginas, ler a tuas linhas e apreciar a belezas das fotos. Um aplauso para foto do pequeno explorador, expressando a delicia da refeição, em alguma postagem atrás que vi. Sempre lindo o mocinho!
    Um beijinho e um bom domingo a toda família.

Deixe o seu comentário