Vila Natal Perlim

O maior parque temático de Natal em Portugal funciona durante o mês de Dezembro, em Santa Maria da Feira. Nós fomos espreitar o reino onde se fala a língua dos pês

Entre risos e guizos, os gémeos Pimpim e Perlim dão as boas-vindas à centenária Quinta do Castelo onde, há já 11 anos, se organiza a maior vila-Natal do país. Este reino de fantasia tem direito a Castelo de pedra, do século XII, onde se instalou a inevitável casa do velhote barrigudo de barrete vermelho.

A fada Piri, os zeladores da Lua (Pim, Pam e Pum) e a simpática Preciosa também andam por ali, a distribuir sorrisos. Por fim, conhecemos o Merlim Ferlim Querlim, feiticeiro e mágico, no palco de “A Hora Mágica”.

Este é um dos três grandes espectáculos musicais do programa e conta a história do trapalhão Valentim, que estraga o relógio do tempo. A este soma-se “Isabela e o Vale do Gelo” e “O Regresso do Capitão Sonho”, no outro extremo da quinta.

Mas há muito mais para ver, ouvir e fazer, neste reino natalício, nas 20 áreas temáticas (um natal muito diferente aqui). Há o comboio de Perlim (2€) e o carrossel Plim Plim (2€). Há um coreto com música e espectáculos de circo. Depois há o slide e o arvorismo (plataformas nas árvores), para os mais aventureiros. E um escorrega multicor gigante.

Há pavilhões para aprender sobre o ambiente e ciência. Há contos e pinturas faciais. Sem esquecer os repórteres da TOP – Televisão Oficial de Perlim que circulam por ali num carro estranho e barulhento. E um Pai Natal de serviço, para os pedidos de última hora. Tudo isto embrulhado com recantos encantadores, como a Árvore do Amor.

E para terminar esta tarde de Perlim (pim pim), toda a gente se reúne junto ao lago às 18h45, para o encerramento “Bons Sonhos”, com música e fogo-de-artifício. Muitas famílias cantam o hino final, de cor e salteado, porque regressam todos os anos.

O que gostámos mais

Tinha receio que fosse um programa demasiado infantil para o meu pré-adolescente, como agora ele se define. Mas há por ali animação para todas as idades. Eu adorei a qualidade dos espetáculos, da coreografia aos fatos. O Pedro vibrou com as atividades mais radicais, especialmente o slide e o escorrega gigante.

O que gostámos menos

As multidões, já que milhares de pessoas rumam a Santa Maria da Feira para a vila-Natal, sobretudo ao fim-de-semana. Há 2 anos, o Perlim registou mesmo lotação esgotada e fechou as bilheteiras, uma hora depois da sua abertura. Portanto, aconselho a compra online, antecipada. Isso traduz-se em longas filas e esperas (1 hora para o slide, mas o Pedro aguentou-se de pedra e cal).

Achei que dividir um espaço tão apinhado com um mini-comboio é pouco prático, também.

Como chegar

A cerca de 32 km do Porto, Santa Maria da Feira tem bons acessos rodoviários. Se chegar pela A1 (Porto/Lisboa) saia em “Feira”. Quem vem pela A29 (Aveiro/Porto) ou pela A32 (Gaia/Oliveira da Azeméis) encontrará uma saída com o mesmo nome.

Coordenadas GPS: N 40º55.315′ / W 8º32.482′

Onde comer

O Perlim abre às 13h30 e não tem restaurantes no interior do recinto. Os restaurantes mais próximos entram no espírito, com decoração e menus natalícios. Mas as filas intermináveis sugerem que se faça reserva antecipada.

Nós almoçámos no Rossio restaurante e lounge bar. Foi uma refeição sofrível, possivelmente devido ao excesso de afluência?! O menu infantil trouxe um hambúrguer demasiado passado e batatas fritas frias, sem sombra de vegetais ou salada. Eu comi um bacalhau com broa, com batata a murro, que gostaria de dizer que foi inesquecível. Mas não foi. Salvou-se a mousse de chocolate de sobremesa. Pagámos 24,50€ (1 adulto e 1 criança).

Site: aqui 

Horário: Dezembro, excepto dias 24 e 25, das 13h30 às 19h00

Bilhetes: gratuito (até 2 anos), 6€ (3-12 anos e seniores), 7€ (adulto), preços especiais para grupos e escolas, com marcação prévia.

Planeie a sua próxima viagem

Faça as suas reservas através dos links parceiros. Não paga nem mais um cêntimo e para mim faz toda a diferença

  • Encontre os melhores hotéis no  BookingÉ onde eu faço as minhas reservas
  • Se precisa de transporte próprio, alugue um carro com a Rentalcars 
  • Reserve os seus bilhetes para monumentos e tours, evitando filas, usando o Get your Guide 
  • Faça um seguro de viagem com a Iati seguros (beneficia de 5% de desconto com este link).

Este post pode conter links de afiliados

Partilhar
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

17 Comentários

  1. Victoria

    Que interessante saber que existe está feira em Portugal. Deve ser maravilhoso andar pelas decorações e se sentir no clima natalino 🙂

  2. Carla Mota

    Que giro! É mesmo ao lado de casa dos meus pais e nunca fui! Tenho que pegar na minha sobrinha e ir experimentar.

    1. Ruthia

      Lá diz o ditado: “casa de ferreiro, espeto de pau”, não é?

  3. Gabriela Torrezani

    Eu adoro essas feiras mágicas de natal, confesso que volto a ser criança. Bom saber que a maior de Portugal está em Santa Maria da Feira, vou me programar pra visitar no ano que vem 🙂

    1. Ruthia

      É impossível esse ambiente não nos influenciar. Se vierem no próximo ano, digam alguma coisa. Tomamos um café ou voltamos a ser crianças juntas 🙂

  4. Mariana

    Que lugar bacana para levar os pequenos! Vou salvar essa dica se tiver a oportunidade de viajar com meu filho nessa época! Adorei

  5. Helen Pusch

    Que fofura de lugar! Adorei a maneira como tu o descreveste, me senti dentro de um pequeno conto de fadas natalino.
    As crianças devem amar!

    1. Ruthia

      Muito obrigada, Helen. O espaço foi mesmo pensado para nos transportar para o imaginário de um conto de fadas. Está muito bem conseguido

  6. Rui Barbosa Batista

    A saudosa magia do Natal… afinal, é possível 🙂 Anotada a dica de não ir ao fim-de-semana. Quanto ao meu sobrinho não sei, mas eu estou curioso com o Merlim Ferlim Querlim, feiticeiro e mágico 🙂 Acho que nos vamos dar muitoooo bem lol Mais um belo artigo! Beijinhos e feliz Natal!!

    1. Ruthia

      Atenção que está fechado nos dias 24 e 25.
      Boas festas, amigo Rui

  7. Edson Amorina Junior

    Nossa, que legal, Ruthia. Nós adoramos a época de Natal e suas tradições, eventos e mercados (aqui da Alemanha principalmente). Mais um lugar para planejarmos conhecer.

  8. Fabíola Moura

    Você sempre com ótimas atividades para as crianças, Ruthia. Que dica interessante para as férias de fim de ano, meus filhos também iam gostar muito de conhecer, logo a gente que adora um parque, rs. E ainda é pertinho do Porto, o que facilita o acesso.

    1. Ruthia

      Esta época pode ser um pouco corrida. Então tirar um dia em família pode ser muito feliz para todos, né?
      Boas Festas para vc e a sua família viajante

  9. Fabia Fuzeti

    Eu sou fã de Natal, adoro esses reinos mágicos montados especialmente para celebrar essa época do ano. Para quem tem filhos, é um passeio imperdível! 😀

  10. Eloah Cristina

    O Natal rende tantas fotos, lembranças e experiências bacanas. Adorei ler sobre Perlim!Obrigada por compartilhar.

  11. Marcia Picorallo

    Que delícia isso da língua do P, não vejo mais as crianças brincando assim por aqui no Brasil. Parece ser um passeio bem legal para a criançada, mesmo para os pré-adolescentes ehehe

    1. Ruthia

      Eu brincava muito da língua dos pês quando era criança. Vou ensinar o meu filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

JPG_1606302493785

Ruthia Portelinha

Viajante, chocólatra, leitora compulsiva, mãe. Está a aprender chinês porque sim.

Posts Populares
Fundador da ABVP
Viagens de uma Vida
Livro viagens de uma vida
Viagem de grupo a Marrocos

7 dias em Marrocos 430 euros
Marrakech até Deserto do Saara
>> Viagem de Grupo Marrocos <<