Com o Verão chegam as férias, os banhos, os castelos de areia e os gelados. Muitos escolhem o Sul para uma pausa em família. Se está no Algarve com as crianças, sugerimos alguns programas que tornarão as férias (ainda mais) memoráveis

O Verão traz-nos entardeceres maravilhosos, a praia abre o apetite dos petizes, o sol e o mar tornam-nos mais felizes. Mas e se a meteorologia nos pregar uma partida? Não há nenhuma lei que proíba a chuva na época do estio. A propósito de imprevistos, uma vez as praias de Quarteira estiveram dois dias de quarentena, por causa de uma fossa que rebentou. Por precaução, a bandeira vermelha permaneceu hasteada.

Foi a pensar nesses dias atípicos, e também porque as férias merecem algumas ocasiões especiais, que listei alguns programas divertidos para toda a família. No Algarve há parques aquáticos, quintas pedagógicas, actividades ligadas à ciência ou que permitem o contacto com animais. Vejamos alguns programas divertidos para se fazer no Algarve com crianças. Cliquem nos links para mais informações sobre preços e horários.

1. Parques aquáticos

Parques aquáticos rimam com férias e há vários na região do Algarve que garantem um dia divertido em família. Aquashow (Loulé, aberto entre Maio e Setembro), Slide & Splash (Portimão, aberto entre Abril e Outubro) ou Aqualand (Alcantarilha, aberto de 10 de Junho a 13 de Setembro) garantem muitas brincadeiras e são populares entre as crianças.

Entre muitos escorregas, piscinas de ondas e montanhas russas, destaque para o FreeFall do Aquashow, com 32 metros de altura e 129 metros de comprimento. Devem estar a pensar que me estou a esquecer do Zoomarine que, para além de ser parque aquático, tem shows com golfinhos, leões-marinhos e focas, cinema 4D e outras diversões infantis. Nós visitámo-lo uma vez e o Pedro adorou.

Mas, recentemente, um relatório da World Animal Protection e da fundação Change for Animals incluiu-o numa lista de zoos em todo o mundo que explora os animais e não garante o seu bem-estar (notícia aqui). Nós evoluímos, pelo que não podemos, em consciência, recomendar este parque. Há outras actividades no Algarve que permitem ver golfinhos, sem eles estarem em cativeiro.

 

Aquashow

© Aquashow

2. Centros de Ciência Viva do Algarve (Tavira, Faro e Lagos)

Há três Centros de Ciência Viva espalhados pelo Algarve, onde os miúdos podem aprender sobre o sistema solar, fazer experiências malucas e ver exposições sobre os oceanos. Nós já visitámos o Centro de Ciência Viva de Faro, pertinho  da histórica Vila-Adentro. Neste espaço interactivo podemos aprender sobre a evolução dos oceanos: ver o interior de um vulcão, tocar diferentes rochas vulcânicas, subir a um simulador de terremotos, observar o comportamento dos sedimentos no fundo do mar…

Várias forças da natureza estão ali representadas, das marés, a um vortex, dos tornados, ao mistério do triângulo das Bermudas. O espaço conta ainda com três aquários de água salgada, um dos quais reconstitui os habitats da Ria Formosa, quando a maré desce e as poças pululam de vida. Há ali ouriços e pepinos do mar, pequenos caranguejos, peixes e búzios.

Não deixem de subir ao terraço (açoteia) e explorar o Jardim da Cigarra, dedicado às energias renováveis. As plantas reagem à nossa passagem, um girassol aprisiona energia solar, o rádio é alimentado pelo vento, e o som de uma cigarra brinca ao esconde-esconde, entre a vegetação.

 

Crianças aprendem nos Centros de Ciência Viva do Algarve

Esteja atento às actividades especiais que os Centros de Ciência Viva promovem durante o Verão

3. Esculturas de areia gigantes

O FIESA – Festival Internacional de Esculturas de Areia nasceu há já 16 anos. Instalado nos arredores de Albufeira, a cerca de 60 km de Faro, o recinto ocupa uma área de 6 hectares. No recinto encontra esculturas gigantes, algumas com 12 metros de altura, criadas por mais de 60 artistas de todo o mundo.

O tema de 2019 – “Volta ao Mundo em Areia” – resultou em mais de 90 esculturas e exigiu cerca de 50 mil toneladas de areia. Segundo a organização, este é o maior parque temático de escultura em areia do mundo!

Visitámos a exposição há alguns anos (FIESA em Albufeira: Sand City), quando ainda não existiam visitas guiadas. Actualmente é possível integrar um grupo, para receber um enquadramento sobre a exposição e cada obra. As visitas guiadas estão disponíveis em português e inglês e carecem de reserva prévia, no local.

É ainda possível alugar um Sand City Mobile, um veículo eléctrico de 4 lugares, que facilita a visita a quem tem crianças pequenas, ou até usufruir de um fish spa no local. Atenção, o recinto é ao ar livre, recomenda-se chapéus e protector solar.

 

O Fiesa é um programa divertido para as crianças

4. Visitar um museu

O Algarve tem vários museus, mas alguns são mais divertidos do que outros. Quem tem crianças poderá achar interessante o Museu do Traje, em São Brás de Alportel (com entrada gratuita até aos 12 anos), ou o Museu de Cera dos Descobrimentos, em Lagos. Consulte o site da Rede de Museus do Algarve para saber que actividades os museus algarvios têm para as famílias.

E por falar no Museu dos Descobrimentos, este transforma a história num espectáculo temático (com 16 cenas) que vai desde a Batalha de Aljubarrota, passando pelo casamento de D. João I e Filipa de Lencastre (Tratado de Windsor), a conquista de Ceuta, o descobrimento do Brasil, a chegada de Vasco da Gama à Índia, entre outros episódios históricos.

O museu faz todo o sentido em Lagos, já que foi daqui que os navegadores partiram rumo a Ceuta, em 1415, dando início à era dourada dos Descobrimentos. Daqui zarparam as naus que descobriram a Madeira e, mais tarde, os Açores. Daqui partiu também Gil Eanes, para dobrar o cabo Bojador.

 

5. Mini-golfe (Vilamoura, Lagos e Algoz)

Para quem é fã do mini-golfe tem opções em Vilamoura no Family Golf Park, em Lagos (Pro Putting Garden) ou em Algoz, no Krazy World, que oferece ainda muitas outras actividades, como arborismo, kart a pedal, insufláveis, paintball e passeios de pónei. Nós experimentámos o mini-golfe em Vilamoura e divertimo-nos imenso. O meu filho passou a chamar-se Pedro Tigger Woods durante uns dias.

Dos dois percursos disponíveis, escolhemos a Via Appia com 490 metros, dedicada à história do Império Romano. Mas afinal a Via Lusitânia é que é para principiantes. Cada buraco possui uma pérola de sabedoria. Sabiam que a embarcação que transportou o obelisco que está na Praça de S. Pedro no Vaticano, desde o Egipto, media 104 metros de comprimento e 20 de largura?

Dezoito buracos depois, a minha técnica de golfe não melhorou minimamente, mas fiquei a saber mais sobre as guerras púnicas e sobre a construção do porto de Ostia. O Family Golf Park é tranquilo, muito limpo, com um enquadramento belíssimo e, durante a semana, tem ainda um comboio turístico, que faz um passeio panorâmico em Vilamoura.

 

As crianças adoram jogar mini golfe no ALgarve

6. Contacto com animais

Não sou fã de zoológicos. Prefiro lugares como a Quinta Pedagógica de Portimão, onde as crianças podem ser “agricultores por uma hora” ou “veterinários por uma hora”. Ou a Quinta da Saudade (Albufeira), que realiza passeios a cavalo pelas dunas da Praia Grande, que permite admirar espécies protegidas nos seus habitats.

Mas tenho que mencionar a existência do Zoo de Lagos, que é bastante popular no Algarve, apesar de não o ter visitado. Ali as crianças podem ver vários tipos de macacos, cabras e ovelhas, para além de lémures (os amiguinhos simpáticos de Madagáscar), cães da pradaria, capivaras, zebus, uma suricata, hipopótamo, veado, crocodilo anão, tartarugas, cobras e muitas aves.

Pareceu-me interessante o programa de preservação e reintrodução na natureza do lince-ibérico. Se visitaram o espaço, deixem a vossa opinião nos comentários.

Outra alternativa é o Krazyworld (Algoz, não fica longe de Albufeira e Armação de Pêra), já mencionado. O espaço conta com uma quinta, onde os mais pequenos têm a oportunidade de interagir com animais, nomeadamente alimentar cabras, lamas, gamos ou aves. O parque tem ainda lémures, tartarugas africanas e cobras.

 

Lémure no Zoo de Lagos

© Zoo de Lagos

7. Visitar um Castelo ou um Forte

Deixe a imaginação dos miúdos fervilhar com histórias de cavaleiros num dos vários castelos do Algarve. A região tem vários, impressionantes e bem conservados: Castelo de Silves, de Castro Marim, de Tavira, de Aljezur, de Loulé ou de Paderne.

Um dos mais bonitos é o Castelo de Silves, que dizem ser uma das mais notáveis obras de arquitectura militar deixada pelos árabes. No interior deste castelo com mais de um milénio de história, existe um antiquíssimo algibe, uma grande cisterna que abastecia água à cidade. A muralha revestida a arenito vermelho fica particularmente bonita ao final da tarde.

Acrescente ainda às opções a Fortaleza de Sagres (leia Sagres (Algarve), The End of the World), o Forte de São João da Barra, em Tavira, ou o da Ponta da Bandeira em Lagos. Ou seja, deve existir uma destas construções perto do lugar que escolheram para férias no Algarve.

 

8. Passeios de barco (costa algarvia)

A extensa costa algarvia convida a um passeio de barco, não acham? Alguns desses passeios permitem ver golfinhos no seu meio natural, o que é muito mais bonito do que os ver a fazerem piruetas numa piscina pequena. Há tours para observação de cetáceos com saída de Portimão, Alvor, Vilamoura, Faro, Lagos, Albufeira…

Aproveite para explorar grutas e praias mais recônditas do Algarve, como as belíssimas grutas de Benagil. Outra alternativa é um passeio num veleiro, com ou sem piratas. Claro que os miúdos vão achar mais piada à segunda opção. A empresa Algarve Fun faz um desses passeios giros com piratas, com saída de Albufeira e a duração de duas horas.

Já experimentámos o veleiro e, ao contrário do que temia, não balança muito. No nosso caso, o passeio não incluiu um mergulho no mar, mas sabemos que alguns têm essa possibilidade.

 

9. Kartings (Portimão, Almancil e Albufeira)

O Algarve tem algumas das melhores pistas de kartings do país, destinadas a miúdos e graúdos que procuram umas horas radicais. É o caso do Kartódromo Internacional do Algarve (Portimão), um dos maiores da Europa, onde se realizam importantes corridas de motas do circuito mundial.

Consultem o site para conhecerem o calendário de provas. Neste espaço em Portimão, para além das pistas normais (onde se pode chegar a 160 km/hora), há também uma pista para crianças até aos 6 anos.

Pode ainda optar pelos circuitos do Karting de Almancil, onde encontra karts específicos para três faixas etárias: Karting Mini F1 (3 aos 6 anos), Karting Junior (7 aos 12 anos) e Karting até 390cc (a partir dos 13 anos). Ou pode fazer um passeio de buggie pela serra, que permitem conduzir em alguns troços do WRC, ou seja, o Mundial de Ralis. No entanto, esta actividade exige um adulto com carta de condução.

Por fim, há o Karting da Marina de Albufeira, cujas curvas apertadas irão pôr à prova os reflexos da família. Neste caso, o circuito é indoor, pelo que é um programa divertido mesmo em dias de chuva.

 

as crianças adoram karts

© Karting de Almancil

10. Cinema

Já fizeram a maioria dos programas propostos. E os miúdos reclamam por uma noite (ou tarde) de cinema e pipocas, por causa do remake do Rei Leão ou dos Angry Birds 2?

Bem, também há várias opções no Algarve, mas provavelmente exigirá uma ida a um centro comercial. Se acompanham o blog, sabem que evito multidões que se passeiam de montra em montra. Mas vá, um dia não são dias.

Uma das escolhas mais simpáticas é o cinema no Fórum Algarve (Faro), graças ao conceito outdoor, com bastante luz natural, um parque infantil ao estilo náutico – com farol, navios, etc. – e um “largo dos monstros”, com bichinhos ideais para trepar. Outras alternativas serão os Cinemas Nos (Loulé e Tavira), o Cineplace do Algarve Shopping (Guia, Albufeira), ou os cinemas do Lagosshoping (Lagos), para mencionar apenas alguns.

 

crianças no parque infantil do Fórum Algarve

 

Vocês visitaram o Sul do país ultimamente? Têm sugestões adicionais para programas no Algarve com crianças?

Planeie a sua próxima viagem

Faça as suas reservas através dos links parceiros. Não paga nem mais um cêntimo e para mim faz toda a diferença

  • Encontre os melhores hotéis no  Booking. É onde eu faço as minhas reservas
  • Se precisa de transporte próprio, alugue um carro com a Rentalcars 
  • Reserve os seus bilhetes para monumentos e tours, evitando filas, usando o Get your Guide 
  • Faça um seguro de viagem com a Iati seguros (beneficia de 5% de desconto com este link).

Este post pode conter links de afiliados